Município de Seia

 

 

 

        VILLE DE DOMFRONT

donfront

ps       

     1ª Revisão ao PDM
pdm


 

arus 




sig

gae


canil 

 seia empreende


 

 

 

 

 

 medicamentosnatalidade

 

 

 

 

  blvs
 

 

Error: No articles to display

 

 

 

 

rbems


     

"Semear Portugal por Via Aérea"

Os Baldios de Vide recebem durante esta manhã a primeira ação a ser concretizada no concelho ao abrigo do projeto "Semear Portugal por Via Aérea", promovido por voluntários ligados à aviação civil e à ecologia.

O projeto "Semear Portugal por Via Aérea" arrancou ontem e incide em áreas queimadas íngremes de seis concelhos: Mangualde, Gouveia, Oliveira do Hospital, Nelas, Tondela e Seia.

A iniciativa é da organização não-governamental para o desenvolvimento Take C'Air Crew Volunteers e é desenvolvida em duas fases, com o intuito de auxiliar os seis municípios a recuperar zonas muito específicas afetadas pelos incêndios, como encostas a que não seria possível aceder sem ser por via aérea.

Nesta primeira fase, a ação integra o lançamento de sementes de gramíneas e leguminosas a partir de um avião, o que facilitará a fixação e nutrição dos solos, ajudando também a evitar a erosão dos solos e a promover o repovoamento das áreas afetadas pelos incêndios.

Na concretização dessas medidas, o projeto "Semear Portugal por Via Área" conta com a participação do movimento cívico "Replantar Portugal" e com a parceria da Quercus e da empresa de serviços aéreos Avitrata - que para os voos disponibiliza um Dromader M-18 B que poderá transportar 1.500 quilos de sementes por carga e sobrevoar os solos até sete metros dos obstáculos.

As sementes a lançar da aeronave, por sua vez, foram doadas pela empresa Fertiprado e certificadas pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, que também ajudará a monitorizar o resultado da intervenção.

No que diz respeito aos municípios, estes assumirão os custos com o combustível, para além de definirem quais os terrenos baldios a intervencionar e determinar a concentração de gramíneas e leguminosas a distribuir por hectare.

Uma vez distribuídas as gramíneas e leguminosas, a segunda etapa do projeto "Semear Portugal por Via Área" procurará então recuperar a floresta autóctone das áreas queimadas de mais difícil acesso em Mangualde, Gouveia, Oliveira do Hospital, Nelas, Tondela e Seia, recorrendo a espécies arbóreas e arbustivas características da região.

Para o efeito será utilizada a técnica japonesa conhecida como método Fukuoka, em que as sementes são introduzidas em pequenas bolas de argila, que, uma vez lançadas à terra em zonas de difícil acesso, rolam mais facilmente pelo terreno e deixam a planta desenvolver-se sob a humidade do barro, protegida da meteorologia e dos animais.

 

     artisboletim             

 

cineecoclimadapt

loja poupanca

 

 

 

Desenvolvido por: Mixlife

Município de Seia - Largo Dr. António Borges Pires, 6270-494 Seia
Tel.: 238 310 230